Bem-vindo à minha página web!


Eu sou Professor Associado (livre-docente) do Departamento de Física Matemática do Instituto de Física da USP.  Minha pesquisa está focada em áreas de interface entre a Física e a Astronomia, em particular a Cosmologia teórica e observacional.


Eu também integro, junto com colegas do Instituto de Física e do IAG, o Núcleo de Cosmologia da USP, que é um grupo de pesquisadores e estudantes que atua em áreas observacionais, fenomenológicas e teóricas de Astrofísica e Cosmologia.


Nos últimos anos tenho me envolvido em projetos de grande escala em Cosmologia observacional. O principal objetivo é buscar por evidências da matéria escura e da energia escura. Esses projetos, cujo principal objetivo é fazer levantamentos (surveys) dos objetos mais brilhantes do universo tais como galáxias, quasares e supernovas, se utilizam de uma nova geração de telescópios e instrumentos astronômicos otimizados para o estudo da Cosmologia. Os principais projetos com os quais estou envolvido são:


  1. 1.J-PAS (Javalambre Physics of the accelerating universe Astrophysical Survey). Esse instrumento inovador, que está sendo construído numa colaboração entre o Brasil e a Espanha, consiste de um telescópio de 2,5 m equipado com uma câmera de 1,2 Gpixels e grande campo de visão. O J-PAS vai observar mais de 8.000 graus quadrados do céu em 56 cores, efetivamente tirando um espectro de todos os objetos detectados. Mais informações no site http://j-pas.org .


  1. 2.PFS/SuMIRe. Esse instrumento é um espectrógrafo multi-objeto que se utiliza de fibras ópticas, e será montado no telescópio Subaru (que fica no Havaí, e tem um espelho de 8m). A equipe que está construindo esse instrumento inclui membros do Japão, dos E.U.A., da França e do Brasil. Veja o site: http://sumire.impu.jp/en .


  1. 3.S-PLUS (Southern Photometric Local Universe Survey). Esse novo telescópio, que já está em funcionamento no Chile, utiliza uma estratégia de utilizar filtros estreitos, assim como o J-PAS. Além de observar uma parte do céu na qual não existem levantamentos fotométricos em bandas estreitas um dos grande atrativos do S-PLUS é que ele vai complementar as observações do LSST, que deverá ser o mais potente telescópio com foco em Cosmologia das próximas décadas. Mais informações no site do S-MAPS, http://splus.iag.usp.br . O S-PLUS é o levantamento gêmeo do J-PLUS (Javalambre Photometric Local Universe Survey), que está sendo conduzido por um telescópio idêntico, no mesmo sítio do levantamento J-PAS -- para mais informações, veja o site dessa outra colaboração http://j-plus.es .




Os meus últimos trabalhos são na seguintes áreas:


  1. Matriz de informação de Fisher e estatística de levantamentos (surveys) de galáxias

  2. Grupos e aglomerados de galáxias em simulações numéricas

  3. Formalismo causal para a radiação cósmica de fundo

  4. Como estudar uma possível interação entre a matéria e a energia escuras

Página de Raul Abramo