Voce esta aquiDescoberta do Plasma de Quarks e Gluons e novos desafios

Descoberta do Plasma de Quarks e Gluons e novos desafios


By bertuzzo - Posted on 08 março 2017

Palestrante: 
Profa. Frederique Grassi, Instituto de Física da USP
Data: 
Quarta-feira, 22 Março, 2017 - 18:00

 

Plasma de Quarks e Gluons é uma forma nova de matéria prevista em 1975 e que deve existir a temperaturas muito altas como no universo primordial e/ou densidades muito elevadas como no centro de estrelas de neutrons. No laboratório, ele pode ser criado acelerando e colidindo núcleos a velocidade próxima a da luz nos grandes aceleradores LHC do CERN na Suiça e RHIC do BNL nos EUA. O Plasma de Quarks e Gluons foi descoberto em 2005 e descrito como o fluido mais perfeito já criado no laboratório. Ele também é o mais quente (muito mais quente do que o interior do sol). Recentemente, foi também qualificado como o de maior vorticidade. Neste convite, explicarei como se chegou a estas conclusões e o que mais queremos aprender.

Línguas